A influência dos hormônios na saúde mental

Nem todos os transtornos mentais estão ligados às alterações hormonais, assim como nem todas as alterações hormonais estão ligadas a transtornos mentais. Porém, em muitos casos, o desequilíbrio hormonal acaba impactando no funcionamento da nossa mente, portanto sim, a influência dos hormônios pode agir na saúde mental.

Os hormônios podem influenciar nossos sentimentos e emoções tanto de forma positiva como negativa. Os chamados hormônios da felicidade (endorfinas, serotoninas, dopamina e ocitocina), por exemplo, promovem sensação de bem-estar quando são descarregados na corrente sanguínea. Já em situações prolongadas de estresse, os níveis de cortisol são elevados e podem ficar desregulados, desencadeando crises de ansiedade e quadros depressivos a longo prazo.

Em alguns casos, são os fatores externos que acabam impactando o funcionamento do organismo e o equilíbrio hormonal, como no caso do estresse por período prolongado. Em outros, são questões internas que geram um cenário favorável ao transtorno mental.

Segundo estudo realizado pela Universidade Columbia, nos Estados Unidos, existem pessoas com maior propensão a desenvolver depressão, pois não contam com receptores de serotonina com um bom funcionamento no cérebro.

Até o momento, a ciência não explica exatamente como esses processos entre o equilíbrio hormonal, fatores internos e externos ocorrem. O que se sabe, no entanto, é que administrar o estresse, ter uma boa higiene do sono, exercitar-se regularmente, alimentar-se bem e cultivar relacionamentos saudáveis influenciam na nossa saúde física e mental, e auxiliam no equilíbrio do nosso sistema endócrino.

Matéria feita pelo Dr. Luiz Carlos Calmon

Acesse esses e outros artigos aqui